Loading...
LETRA

Ai que delicia que é te ver de pouca roupa
Ai que delícia que é beijar a sua boca
Ai que delícia que é te ver embriagada e suada de amor, de amor

Fecha a janela, tranca a porta e liga o abajur
Só sua sombra na parede com seu corpo nu
Encenação de excitação, é um tesão te ver assim
Toda pra mim, amor

E joga o vinho todo no seu corpo
Me chama pra eu ir tirando aos poucos
O som ligado baixo lá nos fundos
Faz você dançar
Me joga contra a porta do banheiro
Pega e bagunça o meu cabelo
E fala sussurrando em meu ouvido
Que vai fazer amor comigo

Fecha a janela, tranca a porta e liga o abajur
Só sua sombra na parede com seu corpo nu
Encenação de excitação é um tesão te ver assim
Toda pra mim, amor

E joga o vinho todo no seu corpo
Me chama pra eu ir tirando aos poucos
O som ligado baixo lá no fundo
Faz você dançar
Me joga contra a porta do banheiro
Pega e bagunça o meu cabelo
E fala sussurrando em meu ouvido
Que vai fazer amor comigo
Que vai fazer amor comigo