Loading...
LETRA

Todo dia do meu quarto
Eu a vejo mais bonita
Se arruma e se pinta, e sai

Mais um dia de sufoco
Eu na rua, quase louco
Pensando nela

Na cabeça, a sua imagem
No meu peito, uma vontade
De ser o homem dela

Eu, de volta do trabalho
Vou de novo no meu quarto
Vou te amar da minha janela

Solidão
Quando uma luz se apaga
Eu de novo, em casa
Morrendo de amor por ela

Solidão
Em minha alma extravasa
Não suporto a vontade
De fazer amor com ela

As luzes da cidade acesa
Clareando a foto sobre a mesa
E eu sozinho aqui trancado
Nesse apartamento

Olhando o brilho dos faróis
Eu me pego a pensar em nós
Voando na velocidade
Do meu pensamento

E saio a te procurar
Nas esquinas, em qualquer lugar
E às vezes chego a te encontrar
Num gole de cerveja

E quando vem a lucidez
Estou sozinho outra vez
E então volto a conversar
Com minha tristeza

Vou chorar
Desculpe, mas eu
Vou chorar
Não ligue, se eu não te ligar
Faz parte dessa solidão

Vou chorar
Desculpe, mas eu vou chorar
Na hora em que você voltar
Perdoe o meu coração

Vou chorar
Desculpe, mas eu vou chorar
Não ligue, se eu não te ligar
Faz parte dessa solidão

Vou chorar
Desculpe, mas eu vou chorar
Na hora em que você voltar
Perdoe o meu coração