Loading...
LETRA

Senhores deputados e senadores
E governadores, presidente queiram me escutar
Em nome dos violeiros do nosso Brasil
Humilde e gentil vim representar

Sinto orgulhoso deste meu país
Muitas coisas já fiz para lhe divulgar
Eu faço um apelo pelo o que eu vejo
O bom sertanejo não pode acabar

Eu falei de boiada, dos rios e chapadas
Matas orvalhadas lá do meu sertão
O nosso caboclo na lida pesada
Terra preparada faz a plantação

Se não fosse esses homens de capacidade
Não vai pra cidade alimentação
Também faço poesias de amor para elas
Pras mulheres belas com educação

Com a viola no peito e desenvoltura
Eu mostro a cultura que meu país tem
Enquanto lutamos para preservar
Os falsos sertanejos destruindo o bem

Se as autoridades não der atenção
Breve em extinção vamos ficar também
Um país sem cultura não tem pra mostrar
Se de viola e violeiro nós ficarmos sem

Por isso é que eu peço as autoridades
Mais sinceridade do lado de cá
Pedir a quem faz a comunicação
Rádio e televisão essa essência mostrar

O que tocam noite e dia é triste o abismo
É só o modismo movido a jabá
Para o bom sertanejo criaram barreiras
Essa triste sujeira tem que eliminar