Loading...
LETRA

Como os rios querem encontrar o mar
Como o pássaro quer encontrar o céu
Eu quero te encontrar, quero te encontrar
Como a noite está esperando o sol
Como a terra está esperando a chuva
Estou a te esperar, estou a te esperar

Não sei como é o teu rosto
Nunca vi o teu olhar
Eu nunca te toquei
Mas meu desejo é te abraçar
Não sei como explicar
Essa saudade de alguém que eu nunca vi

O vento é invisível
Mas eu sinto o seu soprar
Sem questionar respiro o ar
Que não posso tocar
Eu não preciso ver pra crer que o Senhor é real

És real pra mim
Eu não te vejo, mas me vês
És real pra mim
Respiro o ar que o Senhor deu
És real pra mim
Ao som do mar posso te ouvir
Não tem como te explicar

O ar é invisível, mas respiro
O som é invisível, mas eu ouço
Tua presença eu não vejo
mas eu queimo por inteiro
ao se aproximar de mim

O ar é invisível, mas respiro
O som é invisível, mas eu ouço
Tua presença eu não vejo
mas eu queimo por inteiro
ao se aproximar de mim