Loading...
LETRA

As vezes não consigo entender
o que acontece com a gente
pois quando eu estou doce com você
você me trata indiferente

do nada as coisas mudam de lugar
você procura me agradar
aí já sou eu que te trato mal
estranha essa forma de amar

você me irrita o tempo todo
provoca só pra me tirar do sério
perco a razão fico nervoso
mas na verdade é isso que eu quero

amor, safado, sem vergonha
a gente briga, eu falo que te amo
você se faz de desentendida
amor, safado, sem vergonha
a gente gosta, e quando você fala
que me ama, eu viro as costas

amor, você me irrita o tempo todo
provoca só pra me tirar do sério
perco a razão fico nervoso
mas na verdade é isso que eu quero

amor, safado, sem vergonha
a gente briga, eu falo que te amo
você se faz de desentendida
amor, safado, sem vergonha
a gente gosta, e quando você fala
que me ama, eu viro as costas

amor, a gente briga, eu falo que te amo
você se faz de desentendida
amor, safado, sem vergonha
a gente gosta, e quando você fala
que me ama, eu viro as costas, amor