Loading...
LETRA

Hoje eu estou a fim de encher a cara
Essa noite pra mim vai ser pouco
Pra tirar do peito essa bandida
Que tá quase me deixando louco

Em qualquer boteco eu paro e entro
E nem ligo pra cadeira e mesa
Se faltar lugar no chão eu sento
Eu, a solidão e a tristeza

Coração, a cama tá vazia o travesseiro sobra
A solidão é feito palpite de sogra
Torcendo contra a gente pra dar tudo errado
Coração, sem ela minha vida
Já não tem mais graça
Eu falo dela enchendo a cara de cachaça
Por esse amor eu estou pagando os meus pecados