Loading...
LETRA

No som da minha viola
que soluça no meu peito
Vou contar uma história
acontecida com um sujeito
Que passou dos seus limites
sua maldade foi tanta
sem nenhuma explicação
Pra se exibir pra multidão
Chutou a imagem de uma santa

E num gesto de loucura
ele agrediu bem mais
Falou que aquela imagem
parecia o satanás
Com o coração cheio de ódio
quase pulando pra fora
Dava medo seu olhar
Pensei que fosse quebrar
A imagem de Nossa Senhora

Não demorou muito tempo
o castigo aconteceu
Pouco mais de cinco meses
o sujeito adoeceu
Sua perna atrofiou
de um jeito anormal
Chorando feito criança
Foi levado na ambulância
Para o leito do hospital

Os doutores de plantão
viram o quanto ele sofria
Então eles reuniram
na sala de cirurgia
Um cirurgião falou
não podemos fazer nada
É começo de Gangrena
Não tem cura sua perna
Precisa ser amputada

Ao receber a notícia
ele ficou desesperado
Uma enfermeira de plantão
disse fica sossegado
Eu já vi que a equipe
não vai poder te medicar
Cheguei hoje no hospital
Pra te livrar desse mal
Vim aqui pra te curar

Ela colocou a mão
na sua perna adoecida
E falou já te curei
vá viver a sua vida
Chorando ele perguntou
que milagre é esse agora
Ela então lhe respondeu
Quero um abraço seu
Eu sou a Nossa Senhora