Loading...
LETRA

Sabiá lá na laranjeira
Canta chamando seu bem
E eu ponteio a viola
Chamando você também

Meu coração se aguça
Remoendo de saudade
Te grito e você não responde
Que maldade
A solidão no meu peito
Parece não ter mais fim
É a maldosa distância
Que te afasta de mim
Se eu pudesse criar asas
E voar pra te buscar
Te roubaria da lua
Que vontade, que vontade
Que vontade me perder
No seu beijo açucarado
Me lambuzar no seu corpo
Feito abelha no melado
Ser o sol de primavera
Se abrindo pro beija flor
Sou só um rastro de lágrimas
Deixado por seu amor