Loading...
LETRA

Dá uma olhada no estoque
Pra ver se tem cerveja o suficiente pra essa noite
Tô precisando é de um choque
Pra aceitar que aquilo não foi pé na bunda, foi um coice

Enquanto eu bebo, um copo vai enchendo o outro
Pra não dar o intervalo de lembrar daquele rosto
E que rosto, e que boca, e que corpo, e que gosto!
Vai, vai, enche, enche o copo, que ainda não tô louco

Hoje a cidade vai ver
O bêbado mais bêbado chorar por você
Se não voltar por amor
Volta pelo menos pra me socorrer
Hoje a cidade vai ver
O bêbado mais bêbado chorar por você
Coração não entendeu
Como cê tem coragem de abandonar um bebê igual eu

Enquanto eu bebo, um copo vai enchendo o outro
Pra não dar o intervalo de lembrar daquele rosto
E que rosto, e que boca, e que corpo, e que gosto!
Vai, vai, enche, enche o copo, que ainda não tô louco

Hoje a cidade vai ver
O bêbado mais bêbado chorar por você
Se não voltar por amor
Volta pelo menos pra me socorrer
Hoje a cidade vai ver
O bêbado mais bêbado chorar por você
Coração não entendeu
Como cê tem coragem de abandonar um bebê igual eu
Um bebê igual eu