Loading...
LETRA

Pois é
Nunca pensei que fosse acontecer comigo
Não sei
Se é amor demais ou se é castigo

Logo eu
Um cabloco bruto
Metido a machão
Tive que pegar o meu violão
Pra cantar o que estou sofrendo

Na vida
A gente perde a gente ganha
As vezes bate as vezes apanha
É paixão que machuca demais

Por isso agora eu tô
Com a cabeça enfiada na pinga eu tô
Pensando dia e noite na menina eu tô
Sofrendo igual um cachorro sem dono
Ai, meu Deus como é triste o abandono