Loading...
LETRA

Pela via dolorosa caminhando, vi um homem carregando
Uma cruz nos ombros seu
Ele tinha em seu corpo chicotadas, prosseguiu sem dizer nada
Nem se quer se defendeu, vi também que tinha sangue
No caminho da coroa de espinhos que em sua fronte colocaram
Seu semblante ofegante e cansado, o seu rosto machucado
Que os soldados o espancaram
Ele estava caminhando pro o calvário, era triste o cenário
Mesmo assim não recuou
No madeiro perfuraram suas mãos, e chegou a hora da consumação
E ali os meus pecados perdoou

Jesus eu sei que devo a minha vida
Pra aquele sacrifício de amor, Tu me mostraste a porta de saída
Do fundo abismo me tirou
Eu hoje tenho a minhas vestes brancas e o meu nome está escrito lá no céu
Por que uma rude cruz Tu não negastes
Mesmo antes que eu nascesse Tu me amastes
Pra salvar a minha alma tu fostes fiel