Loading...
LETRA

Meia noite, chuva fina de inverno
Da janela veja a rua, solidão
De repente um vulto surge caminhando na neblina
É você, tive a certeza e o meu coração

Um café te ofereci pra acalentar o frio
Mas só quis a mim e como eu te quis
Se banhou em minha boca, se aqueceu no amor
E a gente fez ali sem lareira e cobertor

Eu fui ao céu buscar estrelas no infinito
Trocou a noite fria de inverno por um dia lindo
Me embriaguei no seu calor, no seu perfume
Será eterno o nosso amor enquanto dure