Loading...
LETRA

No llames la atención
ni sigas provocandome
Que ya voy comprendiendo cada movimiento
Me gusta lo que haces
para conquistarme
para seducirme
para enamorarme
Y vas causando efecto
No sabes cómo me entretienen tus locuras
Y que para verte invento mil excusas
Has dejado en jaque todos mis sentidos
Pones a prueba el motor
que genera los latidos
de cada ilusión

CORO
Mira lo que has hecho que he caido preso
(de tu cuerpo y de tu mente)
Y en un agujero de tu corazón
(y tú no estás presente)
Y la libertad te juro no la quiero
(si estoy contigo)
dejame atado a este amor
atado a este amor

Acabo de pasar la línea de tu encanto
donde solo mirarte es un paisaje nuevo
Y tejes las cadenas que amarran mi sexo
que endulzan mi alma
que tienen mi mente
y someten mi cuerpo

Y para que dejar que pase y pase el tiempo
si tu y yo preferimos comernos a besos
Has dejado en jaque todos mis sentidos
Pones a prueba el motor
que genera los latidos
de cada ilusión

CORO

Es importante
Es urgente
Que te quedes a mi lado
Inventaré los motivos
que sean necesarios
para estar cerca de tí

CORO (Bis)
Repeat until fade

TRADUÇÃO

Atado em seu amor

Não chames a atenção nem sigas provocando-me
Que já vou compreendendo cada movimento
Me agrada o que fazes para conquistar-me
Para seduzir-me, para apaixonar-me
E vais causando efeito

Não sabes como me entretêm tuas loucuras
E que para ver-te invento mil desculpas
Deixaste em xeque todos meus sentidos
Pões a prova o motor que gera os latidos de cada ilusão

Olha o que fizeste que caí preso
Em teu corpo e em teu corpo e em tua mente
Num buraco de teu coração
Em tudo estás presente.
E a liberdade, juro-te, não a quero
Se estou contigo, deixa-me atado a este amor
acabo de passar a linha de teu encanto
Onde só olhar-te é uma paisagem nova
E teces as correntes que amarram meu sexo
Que adoçam minha alma que têm em minha mente
E submetem meu corpo

E para que deixar que passe e passe o tempo
Se você e eu preferimos comer-nos em beijos
Deixaste em xeque todos meus sentidos
Pões a prova o motor que dá impulsos aos latidos
De cada ilusão
Olha o que fizeste que caí preso
Em teu corpo e em teu corpo e em tua mente
Num buraco de teu coração
Em tudo estás presente.
E a liberdade, juro-te, não a quero
Se estou contigo, deixa-me atado a este amor


É importante, é urgente que fiques a meu lado
Inventarei os motivos que sejam necessários
Para estar perto de ti.

Tradução: Marcos Oliveira Campos