Loading...
LETRA

Vai de roda, vai de roda
Não se encoste na parede
Que o salão é muito grande
Pra dançar caninha verde

Não se encoste na parede
Que a parede solta pó
Se encoste aqui no meu braço
Que essa noite dorme só

Tropeiro só fala em burro
Carreiro só fala em boi
Moça só fala em namoro
Velho só conta o que foi

Você diz que sabe sabe
Tem outros que sabem mais
Tem gente que tira pomba
Do laço que você faz

Vai de roda, vai de roda
Não se encoste na parede
Que o salão é muito grande
Pra dançar caninha verde

Não se encoste na parede
Que a parede solta pó
Se encoste aqui no meu braço
Que essa noite dorme só

Eu joguei fubá na água
Quanto peixe fez cardume
Amor que não é sincero
É uma rosa sem perfume

Orvalho caiu da flor
Foi a areia quem bebeu
Foi igual felicidade
Que ao nascer logo morreu

Vai de roda, vai de roda
Não se encoste na parede
Que o salão é muito grande
Pra dançar caninha verde

Não se encoste na parede
Que a parede solta pó
Se encoste aqui no meu braço
Que essa noite dorme só

Tropeiro só fala em burro
Carreiro só fala em boi
Moça só fala em namoro
Velho só conta o que foi

Você diz que sabe sabe
Tem outros que sabem mais
Tem gente que tira pomba
Do laço que você faz

Vai de roda, vai de roda
Não se encoste na parede
Que o salão é muito grande
Pra dançar caninha verde

Não se encoste na parede
Que a parede solta pó
Se encoste aqui no meu braço
Que essa noite dorme só