Loading...
LETRA

Minha amiga, vou tomar mais uma
Se eu chorar não repare
A mulher que eu amo está perto
E tão longe de mim

Me perdoa alugar seus ouvidos
Você merece um prêmio
Pois a mesa de bar, na verdade
É o divã dos boêmios

Minha amiga, você nem desconfia
Desse amor em segredo
Que eu escondo e que ando compondo
Canções de amor

Só não digo que são feitas pra ela
Porque eu tenho medo
Pois além de amiga ela está
De aliança no dedo

Diz que vai casar
E quer que eu seja o seu padrinho
Veja, minha amiga
Que cilada em meu caminho

Hoje eu bebo todas
Vou amanhecer num videokê
Vou pedir a conta
Ela é você


Minha amiga, você nem desconfia
Desse amor em segredo
Que eu escondo e que ando compondo
Canções de amor

Só não digo que são feitas pra ela
Porque eu tenho medo
Pois além de amiga ela está
De aliança no dedo

Diz que vai casar
E quer que eu seja o seu padrinho
Veja, minha amiga
Que cilada em meu caminho

Hoje eu bebo todas
Vou amanhecer num videokê
Vou pedir a conta
Ela é você

Hoje eu bebo todas
Vou amanhecer num videokê
Vou pedir a conta
Ela é você, ela é você
Ela é você

(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)