Loading...
LETRA

Used to be that I believed in something
Used to be that I believed in love
It's been a long time since I've had that feeling
I could love someone
I could trust someone
I said I'd never let nobody near my heart again darlin'
I said I'd never let nobody in

But if you asked me to
I just might change my mind
And let you in my life, forever
If you asked me to
I just might give my heart
And stay here in your arms forever
If you asked me to
If you asked me to

Somehow ever since I've been around you
Can't go back to being on my own
Can't help feeling darling since
I've found you
That I've found my home
That I'm finally home
I said I'd never let nobody get too close to me darling
I said I needed, needed to be free

But if you asked me to...

Ask me to, I will give my world to you baby
I need you now
Ask me to, I'll do anything for you baby, for you baby

If you asked me to
I'd let you in my life forever
If you asked me to

TRADUÇÃO

costumava ser aquele que acreditava em algo
costumava ser aquele que acreditava no amor
isto faz tanto tempo desde que tive aquele sentimento
eu podia amar alguém
eu podia confiar em alguém
eu disse que nunca deixaria ninguém entrar em meu coração novamente, querido
eu disse que nunca deixaria ninguém em...
mas se você me procurasse
eu podia mudar meu pensamento
e deixar você em minha vida, para sempre
se você me procurasse
eu podia dar meu coração pra você
e ficar aqui em seus braços pra sempre.
se você perguntasse por mim

de algum modo eu tenho sempre estado ao seu lado
não posso voltar para o meu início
não posso explicar meu sentimento
desde que te encontrei
que havia encontrado meu lar
que estou finalmente em casa
eu disse que nunca mais deixaria ninguém chegar perto de mim, querido
disse que eu precisava, presisava de liberdade.

mas se você me procurar...

me procura, darei meu mundo pra vocÊ, baby
eu preciso de você agora
me procura, eu farei tudo por você,baby
por você, baby

se você me procurasse
eu deixaria você em minha vida pra sempre
se você me procurasse...l




por mauro sergio