Loading...
LETRA

Nóis é do trecho, boiadeiro de verdade
No nosso estilão caipira só temo felicidade
Nóis acorda arrependido, mas num dorme cum vontade

Por onde a gente chega sempre é bem recebido
O povão logo aprecia nosso jeitão divertido
Humildade vem de berço, carrego sempre comigo
Nóis é amigo da alegria, da tristeza é inimigo
Com cantil de bolso cheio, no bailão
ou no rodeio se tem farra nóis tá no meio
Sempre pitando um paieiro, cantando e fazendo amigo

Nóis é do trecho, boiadeiro de verdade
No nosso estilão caipira só temo felicidade
Nóis acorda arrependido, mas num dorme cum vontade

Noia ta sempre de chapéu e de botina no pé
Andamo sempre traiado, rodeado de muié
Nóis bebe muita cerveja, whisk e tereré
Nois é do tipo que queima a boca mas não assopra o café
Nóis toca viola e violão
nóis escuta só módão defendendo nosso sertão
Aqui o sistema caipira, é bruto de tradição

Nóis é do trecho, boiadeiro de verdade
No nosso estilão caipira só temo felicidade
Nóis acorda arrependido, mas num dorme cum vontade