Loading...
LETRA

Eu tenho uma viola
Que canta assim
Minha dor ela consola
Dilin, dilin, dilin

Quando eu saí do meu sertão
Não tinha nada de meu
A não ser essa viola
Que foi meu pai quem me deu

E pelo mundo vou andando
Subo monte e desço serra
Minha viola vou tocando
Relembrando a minha terra

E quando a tarde vai morrendo
Vou pegando minha viola
Se estou triste e sofrendo
Ela é quem me consola

Cada nota é um gemido
Cada gemido é uma saudade

De saudade estou perdida
A viola nessa eterna solidade

E nesse sertão dos meu amores
Quando me ponho a tocar
Emudece os seus cantores
Para nos ouvir cantar

Cantar minha alegria
Cantar para eu não chorar
Entrarei no céu contigo
Quando minha hora chegar