Loading...
LETRA

Another Friday night I'm somewhere
A little drunk and worn out from the show
It's a hallway to a hotel room
The truck's already rolling down the road

I find the lights, take off my coat
I see her there just lying on the bed
She's seen me through my yesterdays
God knows tonight I'm needing her again

She's the place I go
When there's nowhere left to run to
She's the one I hold
When there's no one to hold on to

She's been with me late at night
When I was drowning in the dark
She heard my every word
When I was pouring out my heart
So I thank my lucky stars
For every crack, scratch and scar on this guitar

She's given me her best
When I am at my worst
When I can't find the pieces
Fingers scratching in the dirt
She offers no forgiveness
''Cause she likes to make it hurt

She's the place I go
When there's nowhere left to run to
She's the one I hold
When there's no one to hold on to

She's been with me late at night
When I was drowning in the dark
She heard my every word
When I was pouring out my heart
So I thank my lucky stars
For every crack, scratch and scar on this guitar

Morning like a freight train
Last night still ringing in my head
Before today becomes tomorrow
Tonight I know I'll do it all again

She's the place I go
When there's nowhere left to run to
She's the one I hold
When there's no one to hold on to

She's been with me late at night
When I was drowning in the dark
She heard my every word
When I was pouring out my heart
So I thank my lucky stars
For every crack, scratch and scar on this guitar
And so I thank my lucky stars
For every crack, scratch and scar on this guitar

TRADUÇÃO

[Cicatrizes Nesta guitarra]

Mais uma noite de sexta, eu estou em algum lugar
Um pouco bêbado e exausto do show
É um corredor até o quarto de hotel
O caminhão já está na estrada

Encontro as luzes, tiro o casaco
Eu a vejo lá, apenas deitada na cama
Ela me apoiou no passado
Deus sabe, esta noite eu estou precisando dela novamente

Ela é o lugar para onde eu vou
Quando não resta nenhum lugar para onde correr
É ela que eu abraço
Quando não há mais ninguém para me apoiar

Ela ficou comigo tarde da noite
Quando eu estava me afogando no escuro
Ela ouviu cada palavra minha
Quando eu estava abrindo o meu coração
Por isso eu agradeço as minhas estrelas da sorte
Por cada rachadura, arranhão e cicatriz nessa guitarra

Ela me dá o seu melhor
Quando estou no meu pior
Quando eu não consigo encontrar os pedaços
Dedilho na poeira
Ela não oferece perdão
Porque ela gosta de machucar

Ela é o lugar para onde eu vou
Quando não resta nenhum lugar para onde correr
É ela que eu abraço
Quando não há mais ninguém para me apoiar

Ela ficou comigo tarde da noite
Quando eu estava me afogando no escuro
Ela ouviu cada palavra minha
Quando eu estava abrindo o meu coração
Por isso eu agradeço as minhas estrelas da sorte
Por cada rachadura, arranhão e cicatriz nessa guitarra

De manhã, como um trem de carga
Ontem à noite ainda soando em minha cabeça
Antes que o hoje se torne o amanhã
Hoje à noite eu sei que vou fazer tudo de novo

Ela é o lugar para onde eu vou
Quando não resta nenhum lugar para onde correr
É ela que eu abraço
Quando não há mais ninguém para me apoiar

Ela ficou comigo tarde da noite
Quando eu estava me afogando no escuro
Ela ouviu cada palavra minha
Quando eu estava abrindo o meu coração
Por isso eu agradeço as minhas estrelas da sorte
Por cada rachadura, arranhão e cicatriz nessa guitarra
E então eu agradeço as minhas estrelas da sorte
Por cada rachadura, arranhão e cicatriz nessa guitarra