Loading...
LETRA

Ninguém sabe a mágoa que trago no peito
Quem me vê sorrir desse jeito
Nem sequer sabe a minha solidão

É que meu samba me ajuda na vida
Minha dor vai passando esquecida
Vou vivendo essa vida do jeito que ela me levar

Ninguém sabe a mágoa que trago no peito
Quem me vê sorrir desse jeito
Nem sequer sabe a minha solidão
É que meu samba me ajuda na vida
minha dor vai passando esquecida
vou vivendo essa vida do jeito que ela me levar

Vamos falar de mulher, da morena e dinheiro
Do batuque do surdo e até do pandeiro
Mas não fale da vida,
que você não sabe o que eu já passei
moço, aumenta esse samba que os verso não pára
batuque mais forte e a tristeza se cala
Que eu levo essa vida do jeito que ela me levar

É do jeito que a vida quer
É desse jeito

É do jeito que a vida quer
É desse jeito


Ninguém sabe a mágoa que trago no peito
Quem me vê sorrir desse jeito
Nem sequer sabe a minha solidão

É que meu samba me ajuda na vida
minha dor vai passando esquecida
vou vivendo essa vida do jeito que ela me levar

Vamos falar de mulher, da morena e dinheiro
Do batuque do surdo e até do pandeiro
Mas não fale da vida,
que você não sabe o que eu já passei
moço, aumenta esse samba que os verso não pára
batuque mais forte e a tristeza se cala
Que eu levo essa vida do jeito que ela me levar

É do jeito que a vida quer
É desse jeito

É do jeito que a vida quer
É desse jeito

É do jeito que a vida quer
É desse jeito...