Loading...
LETRA

Oh, every day you make me cry, girl
I cry too much
And today you say goodbye, girl
It's just too much

Hey! I swallowed each and every lie that you gave to me
Where lies the man that I was, and the future that could never be?

Tomorrow every one gonna know me better
And tomorrow every one gonna drink my wine
And tomorrow every one gonna read my letter
And my story of love, and a love that could never be mine

Oh, ask you to be my wife, girl
You were playing
Now I ask you where is my life, girl?
You were saying

Hey! I swallowed each and every lie that you gave to me
Where lies the man that I was, and the future that could never be?

Tomorrow every one gonna know me better
And tomorrow every one gonna drink my wine
And tomorrow every one gonna read my letter
And my story of love, and a love that could never be mine

And
Tomorrow every one gonna know me better
And tomorrow every one gonna drink my wine
And tomorrow every one gonna read my letter
And my story of love, and a love that could never be mine

TRADUÇÃO

[Amanhã, amanhã]

Oh, todos os dias você me faz chorar, garota
chorar tanto
e hoje você diz adeus, garota
É demais para mim

Ei! Eu engoli cada mentira que você já disse
Onde está o homem que eu era e o futuro que nunca poderia ser?

Amanhã todo mundo vai me conhecer melhor
E amanhã todo mundo vai beber o meu vinho
E amanhã todo mundo vai ler minha carta
E a minha história de amor e do amor que nunca poderia ser meu

Oh, te peço pra ser minha esposa, garota
Você estava brincando
Agora eu pergunto onde está minha vida, garota?
Você estava dizendo

Ei! Eu engoli cada mentira que você já disse
Onde está o homem que eu era e o futuro que nunca poderia ser?

Amanhã todo mundo vai me conhecer melhor
E amanhã todo mundo vai beber o meu vinho
E amanhã todo mundo vai ler minha carta
E a minha história de amor e do amor que nunca poderia ser meu

E
Amanhã todo mundo vai me conhecer melhor
E amanhã todo mundo vai beber o meu vinho
E amanhã todo mundo vai ler minha carta
E a minha história de amor e do amor que nunca poderia ser meu