Loading...
LETRA

Quisera perder a luz dos meus olhos pra não mais te ver
Nem ouvir sua voz que nunca me diz palavras de amor
Quisera ser mudo porque minhas queixas não entende
Ver o seu corpo fugindo pra outro me mata de dor

Se eu não tivesse o poder dos sentidos seria melhor
Cego, surdo e mudo, distante de tudo, da luz e do som
Não lhe conhecendo eu não sofreria o que estou sofrendo
Teria na alma repousante paz da escuridão

O que me adianta o prazer dos sentidos
Se não tem sentido meu viver assim
Ouvindo quem amo e não ser ouvido
Adorar os seus olhos se não olhas pra mim

Eu sofro ao te ver no ponto mais alto do seu pedestal
E sinto ficando cada vez maior a distância entre nós
Eu grito seu nome, meu eco se perde no espaço vazio
Por isso não quero nem ver, nem falar, nem ouvir sua voz

Perder-me nas trevas de vez para sempre seria o ideal
Porque eu ouvindo as mil maravilhas que dizem de ti
Por mais que eu tentasse forçar a memória jamais poderia
Calcular que estaria em frente a mais bela mulher que eu já ví

O que me adianta o prazer dos sentidos
Se não tem sentido meu viver assim
Ouvindo quem amo e não ser ouvido
Adorar os seus olhos se não olhas pra mim