Loading...
LETRA

Chega, já não dá mais pra suportar os seus abusos
Eu faço tudo, mas confesso estou confuso
Sinceramente não sei mais o que fazer
Chega, você me xinga e depois diz que me ama
Quero sair você arrasta para cama
Se entrega toda e me enche de prazer

Depois do amor novamente você diz outra bobagem
Eu faço as malas e programo uma viagem
Sem conseguir sentir raiva de você
Ai, então, eu viro bicho de instinto indomável
E nesse instante você fica mais amável
Eu volto atrás e você me dobra outra vez

Você é meu bem, meu mal, minha outra metade
É seta que indica o caminho de um amor de verdade
Provoca, porem satisfaz toda minha vontade
Você é o pranto, é o sorriso e a felicidade