Loading...
LETRA

Nadie comprende lo que sufro yo
canto pues ya no puedo sollozar,
solo temblando de ansiedad estoy
todos me miran y se van.

Mujer,
si puedes tu con Dios hablar,
pregúntale si yo alguna vez
te he dejado de adorar.

Y el mar,
espejo de mi corazón,
las veces que me ha visto llorar
la perfidia de tu amor...

Te he buscado donde quiera que yo voy,
y no te puedo hallar,
para qué quiero otros besos
si tus labios no me quieren ya besar.

Y tú,
quien sabe por donde andarás
quien sabe que aventura tendrás
¡que lejos estás de mí...!

Te he buscado dondequiera que yo voy,
y no te puedo hallar,
para qué quiero otros besos
si tus labios no me quieren ya besar.

Y tú,
quien sabe por donde andarás
quien sabe que aventura tendrás
¡que lejos estás de mí...!

¡De mi...!
¡De mi...!

TRADUÇÃO

[Perfídia]
Ninguém entende o que eu sofro
eu estou cantando, porque eu já não pode chorar
somente eu estou tremendo de ansiedade
todos olham para mim e ir

Mulheres
se você pode falar o seu Deus
perguntar se eu nunca
eu parei adorando

E o mar
espelho do meu coração
as vezes que você viu-me chorar
perfídia de seu amor

Eu procurei em todos os lugares que eu vou
e eu não posso encontrar
o que eu quero outros beijos
se você não quer que seus lábios e me beijar

E você
quem sabe onde você vai andar
quem sabe o que aventura você vai
você está longe de mim... !

Eu procurei em todos os lugares que eu vou
e eu não posso encontrar
o que eu quero outros beijos
se você não quer que seus lábios e me beijar

E você
quem sabe onde você vai andar
quem sabe o que aventura você vai
você está longe de mim... !

De minha... !
De minha... !