Loading...
LETRA

Ela chega tão meiga e tão bela,
Puxa as cortinas e abre a janela,
Sempre com a mesma delicadeza,

E depois na sua sala ao lado,
Atende o telefone, anota os recados,
E coloca sobre minha mesa,

Está sempre muito sorridente,
Trata bem todos os meus clientes,
Para ela não é sacrifício,
Porém meu coração não quer entender,
O que ela faz com tanto prazer,
É um dever do seu ofício,

Secretária, que trabalha o dia inteiro comigo,
Estou correndo um grande perigo,
De ir parar num tribunal,

Secretária, às vezes penso em falar contigo,
Mas tenho medo de ser confundido,
Por um assédio sexual,

4x (refrão)