Loading...
LETRA

Here's to us one more toast and then we'll pay the bill
Deep inside both of us can feel the autumn chill
Birds of passage, you and me
We fly instinctively
When the summer's over and the dark clouds hide the sun
Neither you nor I'm to blame when all is said and done

In our lives we have walked some strange and lonely treks
Slightly worn but dignified and not too old for sex
We're still striving for the sky
No taste for humble pie
Thanks for all your generous love and thanks for all the fun
Neither you nor I'm to blame when all is said and done

It's so strange when you're down and lying on the floor
How you rise, shake your head, get up and ask for more
Clear-headed and open-eyed
With nothing left untried
Standing calmly at the crossroads, no desire to run
There's no hurry any more when all is said and done

Standing calmly at the crossroads, no desire to run
There's no hurry any more when all is said and done

TRADUÇÃO

[Quando tudo foi dito e feito]
Mais um brinde a nós, aí nós pagaremos a conta
Bem no fundo, ambos podemos sentir o frio de outono
Pássaros de passagem, você e eu
Nós voamos por instinto
Quando o verão acaba e as nuvens escuras escondem o sol
Nem você nem eu temos culpa quando tudo foi dito e feito

Na vida, nós andamos sós por estranhos e solitários caminhos
Um pouco cansados, mas dignos e não muito velhos para sexo
Nós ainda lutamos pelo céu
Nenhuma vontade de ser humilde
Obrigado por todo seu amor generoso e obrigado por toda a diversão
Nem você nem eu temos culpa quando tudo foi dito e feito

É tão estranho quando você está triste e deitado no chão
Como você levanta, balança sua cabeça, fica de pé e pede mais
Cabeça limpa e - olhos abertos
Sem ter deixado nada sem tentar
Calmamente no cruzamento, sem desejo de correr
Não há pressa quando tudo foi dito e feito

Calmamente no cruzamento, sem desejo de correr
Não há pressa quando tudo foi dito e feito