Loading...
LETRA

I must have left my house at eight
because I always do
my train, I'm certain
left the station just when it was due
I must have read the morning paper
going into town
and having gotten through the editorial
no doubt I must have frowned
I must have made my desk
around a quarter after nine
with letters to be read
and heaps of papers waiting to be signed
I must have gone to lunch
at half past twelve or so
the usual place, the usual bunch
and still on top of this
I'm pretty sure it must have rained
the day before you came

I must have lit my seventh
cigarette at half past two
and at the time I never
even noticed I was blue
I must have kept on dragging
through the business of the day
without really knowing anything
I hid a part of me away
at five I must have left
there's no exception to the rule
a matter of routine
I've done it ever since I finished school
the train back home again
undoubtedly I must have
read the evening paper then
oh yes, I'm sure my life was
well within its usual frame
the day before you came

I must have opened my front door
at eight o'clock or so
and stopped along the way
to buy some Chinese food to go
I'm sure I had my dinner
watching something on TV
there's not, I think, a single
episode of Dallas that I didn't see
I must have gone to bed
around a quarter after ten
I need a lot of sleep and so
I like to be in bed by then
I must have read a while
the latest one by Marilyn French
or something in that style
it's funny, but I had no sense
of living without aim
the day before you came

And turning out the light
I must have yawned and
cuddled up for yet another night
and rattling on the roof
I must have heard the sound of rain
the day before you came

TRADUÇÃO

[No dia antes de você chegar]
Devo ter saído de casa às oito
porque eu sempre saio
meu trem, tenho certeza
saiu da estação no horário certo
Devo ter lido o jornal da manhã
indo para a cidade
e ter lido o editorial
sem dúvida eu devo ter feito cara feia
Eu devo ter arrumado a minha mesa
cerca de nove e quinze
com cartas a serem lidas
e pilhas de papéis esperando ser assinados
Eu devo ter ido almoçar
mais ou menos meio-dia e meia
lugar de sempre, pessoas de sempre
e ainda por cima
Tenho certeza que deve ter chovido
no dia antes de você chegar

Eu devo ter acendido meu sétimo
cigarro às 14h30
e na hora eu nunca
tinha percebido que estava triste
devo ter continuado me arrastando
pelo a afazeres do dia
sem saber de nada
Escondi uma parte de mim
às cindo eu devo ter ido embora
não há exceção à regra
uma questão de rotina
Faço isso desde que terminei a escola
o trem de volta para casa
Sem dúvida eu devo ter
lido o jornal à noite, e,
oh sim, eu tinha certeza que minha vida estava
bem dentro da rotina de sempre
no dia antes de você chegar

Eu devo ter aberto a porta da frente
mais ou menos às oito horas
e parado no caminho
para comprar comida chinesa para viagem
com certeza eu comi meu jantar
assistindo a algo na TV
não há, acho, um único
episódio de Dallas que eu não tenha visto
Eu devo ter ido para a cama
às dez e quinze
Eu preciso dormir bastante, por isso
Eu gosto de estar na cama até essa hora
Devo ter lido um pouco
o mais recente de Marilyn French
ou algo desse estilo
É engraçado, mas pra mim não fazia sentido
viver sem objetivo
no dia antes de você chegar

E apagando a luz
Eu devo ter bocejado e
aninhadoe para mais uma noite
e batendo no telhado
Eu devo ter ouvido o som da chuva
no dia antes de você chegar