Loading...
LETRA

I'm hearing images, I'm seeing songs
No poet has ever painted
Voices call out to me, straight to my heart
So strange yet we're so well acquainted
I let the music speak, with no restraints
I let my feelings take over
Carry my soul away into the world
Where beauty meets the darkness of the day

Where my mind is like an open window
Where the high and healing winds blow
From my shallow sleep the sounds awake me
I let them take me
(Let them wake me, let them now, let them take me)

Let it be a joke
Let it be a smile
Let it be a farce if it makes me laugh for a little while
Let it be a tear
Let it be a sigh
Coming from a heart, speaking to a heart, let it be a cry

Some streets are emptiness, dry leaves of autumn
Rustling down an old alley
And in the dead of night I find myself
A blind man in some ancient valley
I let the music speak, leading me gently
Urging me like a lover
Leading me all the way
Into a place
Where beauty will defeat the darkest day

Where I'm one with every grand illusion
No disturbance, no intrusion
Where I let the wistful sounds seduce me
I let them use me
(All illusion, no disturbance, no intrusion)

Let it be a joke
Let it be a smile
Let it be a farce if it makes me laugh for a little while
Let it be a tear
Let it be a sigh
Coming from a heart, speaking to a heart, let it be a cry

Let it be a tear
Let it be a sigh
Coming from a heart, speaking to a heart, let it be a cry

Let it be the joy of each new sunrise
Or the moment when a day dies
I surrender without reservation
No explanations
No questions why
I take it to me and let it flow through me
Yes, I let the music speak
I let the music speak

TRADUÇÃO

[Eu deixo a música falar]
Eu estou ouvindo imagens, eu estou vendo canções
Que nenhum poeta jamais pintou
Vozes estão vindo a mim, diretamente para meu coração,
Tão estranho e agora estamos bem familiarizados
Eu deixei a música falar, sem restrições
Eu deixei meus sentimentos assumirem
Levando minha alma pelo mundo
Onde beleza encontra a escuridão do dia

Onde a minha mente é como uma janela aberta
Onde os ventos sopram forte
De meu sono leve os sons me despertam
Eu os deixei me levarem
(Os deixe me despertar, os deixe agora, os deixe me levar)

Deixe ser uma piada
Deixe ser um sorriso
Deixe ser uma piada se me fizer rir por um tempinho
Deixe ser uma lágrima
Deixe ser um suspiro
Vindo de um coração, falando com um coração, deixe ser um choro

Algumas ruas estão vazias, folhas secas de outono,
Sussurrando por uma ruela velha
E no final da noite eu me acho
Um homem cego em algum vale antigo
Eu deixei a música falar, me conduzindo suavemente
Me urgindo como um amante
Me conduzindo por todo lado
Em um lugar
Onde a beleza derrotará o dia mais escuro

Onde eu sou a única pessoa com ilusão
Nenhuma perturbação, nenhuma intrusão,
Onde eu deixei os sons saudosos me seduzirem
Eu os deixei me usarem
(Toda a ilusão, nenhuma perturbação, nenhuma intrusão)

Deixe ser uma piada
Deixe ser um sorriso
Deixe ser uma piada se me fizer rir para um pequeno tempo
Deixe ser uma lágrima
Deixe ser um suspiro
Vindo de um coração, falando com um coração, deixe ser um choro

Deixe ser uma lágrima
Deixe ser um suspiro
Vindo de um coração, falando com um coração, deixe ser um choro

Deixe ser a alegria de cada novo amanhecer
Ou o momento quando o dia acaba
Eu me rendo sem reserva
Nenhuma explicação
Nenhuma pergunta por quê
Eu levo isto a mim e deixei isto fluir por mim
Sim, eu deixei a música falar
Eu deixei a música falar