Loading...
BIOGRAFIA

Há quase 30 anos fazendo parte da cena sertaneja brasileira, o Trio Parada Dura é uma referência para os músicos e fãs do gênero. Com nada menos do que dez discos de ouro e três de platina na bagagem, o Trio construiu sua personalidade sobre uma base que conta com letras irreverentes, músicas de enorme apelo popular e um nível de produção surpreendente. Formado desde 1987 por Creone, Barrerito e Mangabinha - único remanescente da formação original do grupo - o Trio Parada Dura continua compondo novas músicas e acendendo as platéias do Brasil com seus hits, entre eles “Bobeou a Gente Pimba”, “Andorinha” e “Telefone Mudo”.
Entre os maiores sucessos do trio, sem dúvida nenhuma, são indispensáveis citar as antológicas: "Castelo de Amor", "Blusa Vermelha", "Barco de Papel", " O Carro e a Faculdade", etc.

O Trio Parada Dura, na verdade 3 formações: Delmir, Delmon e Mangabinha foi a primeira formação(1973), quando foi desfeita e Mangabinha ficou com os direitos do nome "Trio Parada Dura".

Conheceu Creone e Barrerito (que já cantavam juntos) e os convidou pra formar a segunda geração do Trio, isso em 1975, e com essa formação ficaram conhecidos nacionalmente.

Em 1982 os integrantes sofreram um acidente aéreo e Barrerito ficou paraplégico, e ele se sentia discriminado pelos companheiros após a paralisia, mesmo tendo gravado alguns LPs com o Trio após o acidente.

No lugar de Barrerito, entrou Parrerito, seu irmão legítimo, formando assim a terceira geração do Trio Parada Dura.

"Nos braços do povo", "De ontem pra hoje", "Palavra de honra", "Gigante iluminado" foram os LP's lançados com essa 3ª formação que se desfez em 1992. O Trio Parada Dura teve ainda uma 4ª formação feita em 1997 por Parrerito, Mangabinha e Leone, não alcançando mais o sucesso das formações anteriores. Em 1998 Barrerito se junta a Creone e Voninho e formam o Trio Alto Astral, que teve uma carreira curtíssima, alguns meses depois, morre Barrerito, de infarto.

O Trio Parada Dura retornou em 1999 com sua terceira formação (Creone, Parrerito e Mangabinha), gravando ainda "Tapete Colorido"(1999), "Brilhante"(2001), e "Pra Furar o Couro"(2006), o Trio se desfez em 2006, e agora são só Creone & Parrerito respectivamente primeira e segunda vozes, intitulado de "Os Parada Dura".

O Trio Parada Dura retornou novamente em novembro de 2007, com sua quarta formação (Leone, Leonito e Mangabinha) e está programando para lançar seu novo álbum.

Em 2008 lançou o CD AS 20+ e em 2009 lançou o CD TAÇA DE OURO com 15 obras de autoria do compositor Desembargador José Amancio em parceria com outros compositores (Lauri, Edna Teixeira, Leonito, Wanderley e o próprio Mangabinha).