Loading...
BIOGRAFIA

Por: Aleyster Crowley Bernardo de Andrade

No Brasil é muito dificil falar de Leno sem da uma referência a dupla Leno e Lilian.
Pois ele ficou mais conhecido na época em que cantava em dupla com Lilian.
e sua carreira solo é um pouco complexa.

Gileno Osório Wanderley de Azevedo formou ao lado de
Silvia Lilian Barrie Knapp a dupla romântica da Jovem Guarda,
Leno e Lilian. Em 1966, aos 16 anos, fez sucesso ao lado dela
com "Pobre Menina". Dois anos depois seguiu carreira solo.

Já tendo lançado "Leno" e "A Festa de Seus 15 Anos",
ambos seguindo a linha romântica, Leno foi aos Estados Unidos,
voltou influenciado pelo flower power e decidiu mudar sua postura,
que passou a ser mais contestatória e política. Em 1971,
ao lado do Raul Seixas, então Raulzito, produtor da CBS, criou
"Vida e Obra de Johnny McCartney", primeiro disco gravado em
oito canais no Brasil, o máximo de tecnologia na época.

Com temas como reforma agrária, censura, tortura, drogas
e repressão, "Vida e Obra" foi censurado e dormiu durante
25 anos na gaveta.

Leno passou uma temporada morando nos Estados Unidos
e na volta produziu os grupos Flor de Cactus e Os Lobos.
Nesses anos lançou discos com repertório ligado ao rock
e compôs para Erasmo Carlos, Amelinha, Renato e seus Blue Caps
e Raul Seixas.

Sua música "Rosa de Maio" foi incluída na trilha de "Livre para Voar"
(TV Globo).

Em 1995, sua gravadora Natal Records lançou "Vida e Obra de Johnny McCartney" e vem relançando discos da época em que fazia dupla com Lilian.


Visite o site oficial de Leno

http://www.leno.com.br/