Loading...
BIOGRAFIA

Claudia Telles de Mello Mattos (Rio de Janeiro, 26 de agosto de 1957), é uma cantora e compositora brasileira, famosa como intérprete das canções "Fim de Tarde" e "Eu Preciso Te Esquecer".

Carreira

Filha do do violonista Candinho e de uma das precursoras da bossa nova, a cantora Sylvinha Telles, Claudia Telles, ainda menina, foi convidada pela mãe para subir ao palco do Teatro Santa Rosa (RJ) no último show da temporada do espetáculo "Reencontro", que reuniu Sylvia Telles, Edu Lobo, Trio Tamba e Quinteto Villa-Lobos, para cantar "Arrastão" (de Edu Lobo e Vinicius de Moraes).

Claudia iniciou sua carreira aos 15 anos, em 1972, fazendo coro em gravações de álbuns para vários artistas, como Roberto Carlos, José Augusto, The Fevers, Gilberto Gil, Jerry Adriani, Jorge Ben, Belchior, Simone, Rita Lee e Fafá de Belém, entre outros. Substituiu a cantora Regina no Trio Esperança, em shows e gravações, durante a gravidez da cantora. Foi crooner do conjunto de Chiquinho do Acordeon.

Em 1976, foi convidada pela gravadora CBS para lançar um compacto simples com a música "Fim de Tarde" (escrita por Robson Jorge e Mauro Motta). A canção fez estrondoso sucesso no Brasil, chegando aos primeiros lugares das paradas musicais. O compacto vendeu mais de 500 mil cópias -o que lhe valeu seu primeiro disco de ouro-, além de outros prêmios para a cantora vários prêmios e participação em vários programas de TV da época.

No ano seguinte, Claudia Telles emplacou seu segundo grande sucesso, a canção "Eu Preciso Te Esquecer" (também composta pela dupla Robson Jorge e Mauro Motta). A canção fez parte da banda sonora da telenovela "Locomotivas", da Rede Globo.

No fim dos anos 70 gravou outros compactos e um LP, "Miragem", mas desde então não conseguiu atingir o mesmo sucesso comercial do início de carreira.

No final da década de 1980, Claudia Telles passou a fazer shows em homenagem a sua mãe, como "Tributo a Silvinha Telles" e "Saudade da Bossa Nova" - que permaneceram em cartaz em diversas capitais.

Nos anos 90, a cantora distanciou-se do gênero romântico que marcou o início de sua carreira e aproximou-se da MPB, particulamente da Bossa Nova. Entre outras canções regravadas por Telles, estão "Dindi" e "Se Todos Fossem Iguais a Você". Ela também lançou um CD com músicas de Cartola e Nelson Cavaquinho, um álbum em homenagem a mãe Sylvinha ("Por causa de você"), em 1997, e em 2000 lançou um tributo a Vinícius de Moraes.

Em 2004, Claudia Telles fez temporada de shows no Vinicius Piano Bar, no Rio de Janeiro, ao lado do compositor Paulinho Tapajós. No ano seguinte, fez show de lançamento do CD "Tributo a Tom Jobim" no Bar do Tom, também no Rio de Janeiro.

Álbuns

* "Claudia Telles" (1977, CBS/Sony Music)
* "Miragem" (1978, CBS/Sony Music)
* "Eu quero ser igual a todo mundo" (1979, CBS/Sony Music)
* "Solidão pra que" (1988, RGE)
* "Claudia Telles interpreta Nelson Cavaquinho e Cartola" (1995, CID)
* "Por causa de você" (1997, CID)
* "Chega de Saudade - Tributo a Vinicius de Moraes" (2000, CID)
* "Sambas e Bossas" (2002, CID)
* "Tributo a Tom Jobim" (2004, CID)

Compactos

* "Fim de Tarde" (1976, CBS/Sony Music)
* "Eu Preciso Te Esquecer" (1977, CBS/Sony Music)
* "Aprenda a amar" (1977, CBS/Sony Music)
* "Por eu não saber" (1978, CBS/Sony Music)
* "Eu voltei" (1980, CBS/Sony Music)
* "Tanto amor" (1982, Lança Discos)